Glossário Técnico

 

F

 

FARMACOATIVOS: Princípios ativos naturais extraídos de animais, plantas, ou desenvolvidos e sintetizados tecnologicamente, são usados para a produção de medicamentos e de dermocosméticos, pela moderna Cosmiatria (Cosmética Médica). Ex: Irgasan, Thiomucase, Hialuronidase. (Ver, todos, neste Glossário).

FARNESOL: É um álcool sesquiterpênico empregado como agente antisséptico com propriedades antimicrobianas. Atua como um bacteriostático de ação seletiva, inibindo as bactérias gran positivas (Staphylococcus epidermis, Staphylococcus aureus e Corrynebacteryum acnes) responsáveis pela decomposição do suor, sendo também precursoras da acne e de outras afecções da pele e do organismo. Combate e previne o mau cheiro do corpo e as irritações e pequenas inflamações dérmicas.

FITOATIVOS: Princípios ativos naturais extraídos de diversas plantas (Reino Vegetal). Atualmente, são muito usados pela moderna Cosmiatria (Cosmética Médica), pois são extraídos de fontes facilmente renováveis, através de processos tecnológicos altamente sofisticados que visa a preservação e recuperação do meio ambiente. São altamente eficazes nos tratamentos empreendidos, dentro das concentrações adequadas. Ex: Extrato de Arnica, Extrato de Camomila, Extrato de Jaborandi (Ver, todos, neste Glossário): todos são fitoativos extraídos de plantas, facilmente reproduzidas e mantidas, para esta finalidade, sem que isso represente algum risco contra a espécie.

FITOCOSMIATRIA: Ramo da cosmiatria (cosmética médica) que pesquisa e desenvolve dermocosméticos (cosméticos dermatológicos) que tem, por base de formulação e de produção, os fitoativos, que são os princípios ativos extraídos do Reino Vegetal (plantas).

FITOESTIMULINAS: Substâncias fitoativas que tem por base de formulação e de produção princípios ativos extraídos do Reino Vegetal.

FILTROS SOLARES: Substâncias naturais ou sintetizadas quimicamente, que podem ser químicas ou físicas, e que filtram e/ou refletem as radiações solares, evitando a passagem dos raios prejudiciais à pele. Existem seis tipos de radiação, mas, até o presente momento, a ciência desenvolveu proteção especial para apenas três: as radiações ultravioleta A, as radiações ultravioleta B e as radiações infravermelhas (IV ou IR).
Os raios UV.A, encontrados em alta dosagem nas câmaras de bronzeamento artificial, não causam grandes queimaduras ou eritemas (edemas/ inchaços, vermelhidão e ardência) superficiais, mas são os mais danosos, pois sua ação é mais profunda. Sem a devida proteção e cuidados especiais, atingem as camadas mais profundas da pele, danificando o mecanismo de reparo celular e prejudicando o processo de reprodução das células-mães (células-basais), interferindo, assim, negativamente, sobre a renovação celular. Desta forma, aceleram o processo de envelhecimento e causam lesões de pele importantes, podendo até mesmo ter efeito oncogênico (causar câncer de pele).
Os raios UV.B são os que promovem e estimulam o bronzeado, pois tem ação mais superficial sobre a pele. Sem a devida proteção e cuidados, causam, com facilidade, grandes eritemas (edemas/ inchaços, vermelhidão e ardência), e deixam a pele mais grossa e mais áspera, podendo também causar queimaduras, envelhecimento e danos ao longo dos anos.
Os raios IR ou IV danificam o mecanismo de reparo do DNA, promovem efeito oncogênico (cancerígeno) e rachaduras na pele. Segundo os meios científicos encarregados do assunto, os raios IR não chegam à camada da atmosfera ocupada pelos seres humanos.

FILTRO HIDROSSOLÚVEL: Filtro solar de excepcional qualidade, protege a pele contra eritemas solares, pois sua proteção é UV.B. Sendo hidrossolúvel (solúvel em água), é compatível com determinadas formulações que exigem este tipo de filtro.

FLAMBADO: Algo que foi posto em chama rápida de um bico de gás, com a finalidade de assumir aspecto homogêneo e brilhoso, intacto (ex: batom).