Glossário Técnico

 

L

 

LACTATO DE MENTILA ou FRESCOLAT: É um fitoativo natural derivado do Mentol, obtido pelo congelamento dos óleos voláteis de várias espécies de Mentha, da família Labiatae (hortelã-pimenta), com propriedade refrescante. Tem forte odor característico da hortelã pimenta, e proporciona, logo após a aplicação, agradável efeito refrescante e geladinho, com posterior rubefasciência (leve aquecimento e vermelhidão moderada), pois promove uma ativação na circulação tópica periférica. Indicado para aplicação tópica (localizada) nos tratamentos anticelulite e para alívio de dores musculares, entorces e cansaço ou enrijecimento muscular causado por esforço.

LACTATO DE SÓDIO: O íon lactato constitui-se num elemento de maior presença no fator NMF (Natural Moisturizing Factor / Fator natural de hidratação da pele – Ver, neste Glossário), onde pratica a concentração de 12% de seus íons. Suas propriedades umectantes e hidratantes têm sido objeto de inúmeros trabalhos científicos, cujas conclusões, unânimes, dão conta do seu alto desempenho na reposição e retenção da umidade dérmica.

LANETTE WB: É uma dispersão coloidal de álcoois graxos e laurilmiristil sulfato de sódio, usada como base autoemulsionante para a fabricação de cremes pomadas e emulsões.

LANOLINA: É um bioativo natural extraída da lã de ovelha, que tem uma mistura de colesterol e seus ésteres; é uma substância graxa o que faz a lã da ovelha tornar-se impermeável. É usada como veículo na produção de cremes e pomadas, tendo excelente efeito emoliente, sobreengordurante e protetor da pele e dos cabelos ressecados.

LAURIL SULFATO: Matéria prima com alto poder espumante para fabricação de xampus, sabonetes e banhos-de-espuma.

LECITINA VEGETAL: Substância fitoativa natural extraída de alguns vegetais ou subprodutos animais, como a soja e a gema do ovo. Tem ação regenerante e emoliente.

LICOPENE: O Licopene é um fitoativo natural retirado do tomate maduro, e é 100% extraído de fonte natural, facilmente renovável, sem devastar o meio-ambiente. Sua formação caracteriza-se por carotenóides, que são fitopigmentos naturais que se depositam sobre a superfície aplicada, conferindo-lhe tonalidade avermelhada. Tem ainda importantes propriedades fotoprotetoras e antioxidantes. Como fotoprotetor, protege a cor dos cabelos das agressões causadas pela radiação solar, realçando-a e tornando-a mais intensa. Como antioxidante, seqüestra os radicais livres e impede a peroxidação dos lipídeos (gordura) encontrados nos fios dos cabelos, contribuindo para a manutenção da barreira hidrolipídica, evitando ressecamentos e danos. Junto com o Extrato vegetal de Krameria Tiandra (Ver, neste Glossário), forma um composto natural pigmentante de cabelos chamado Melscreen Red (Ver, neste Glossário), que é usado como tonalizante avermelhado e vermelho-acastanhado no Xampu e Condicionador Essenziali Ref. 3030.3 e 3065.3.

LIOFILIZAÇÃO: Processo no qual as matérias-prima sofrem uma secagem, realizada em baixa temperatura e sob pressão reduzida, com a conseqüente eliminação de substâncias voláteis.

LIOFILIZADO: O que foi submetido ao processo de liofilização.

LIPÓLISE: Processo que promove, na derme (2º camada da pele - ver, neste Glossário), a "quebra" ou "rompimento" da parede das células de gordura e que tem a propriedade de fluidificar, dissolver e desmanchar os núcleos lipídicos, promovendo a redução dos volumes de gordura localizada.

LIPOLIZADO: Substância que sofreu um processo de lipólise, sendo usado em cremes solúveis em gorduras.

LIPOPROTEÍNAS: São substâncias naturais orgânicas resultantes da combinação de lipídeos e proteínas, e que, sendo solúveis em meio aquoso, constituem um veículo perfeito para o transporte das gorduras.

LIPOSSOMAS: São frações de lipídios (microesferas de gordura), podendo esta gordura ser animal (bioativos) ou vegetal (fitoativos). As microesferas de lipossomas de origem animal, isoladas do cérebro do bovino, são semelhantes aos lipídios da pele humana. Atuam na barreira de permeabilidade epitelial, evitando a perda natural de umidade, mantendo, portanto, uma ótima hidratação e flexibilidade da pele. Os lipossomas restauram a estrutura das membranas, purificando as células asfixiadas. Como tem uma capacidade de profunda penetração, são colocados, dentro destas microesferas lipídicas lipossomadas, diversos tipos de princípios ativos, tornando-se assim excepcionais veículos que transportam até às células, onde os liberam, os princípios ativos neles contidos.